BOLSONARO E A GUERRA DOS REFRIGERANTES

12/04/2019

BOLSONARO E A GUERRA DOS REFRIGERANTES

Empresas enfrentam queda em créditos tributários

Jair Bolsonaro recebeu ontem o presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, Omar Aziz, e a bancada federal do Amazonas. Na pauta, a chamada guerra dos refrigerantes.

Em julho, a isenção do Imposto sobre Produtos Industrializados para o setor de bebidas da Zona Franca de Manaus cai de 12% para 8%. E, em dezembro, para 4%. As empresas deixam de receber os créditos tributários que recebiam desde o início da ZF.

A Coca-Cola já deu sinais que pode transferir a fábrica de Manaus para outro país, caso a medida, efetivada por Henrique Meirelles na gestão passada, entre mesmo em vigor.

Omar Aziz também já levou o assunto a Paulo Guedes.

Voltar para listagem